23 de maio de 2014

Maria Olímpia Alves de Melo



Publiquei esse poema aqui pela primeira vez no Natal de 2011, a 'lista de presentes' de Maria Olímpia, a Molímpia, a Mêro, esse apelido dado pela sobrinha Fabiana pegou, e a Molly Mell, criado por ela para uma de suas emails eu peguei emprestado para o nome do meu novo blog.
Maria Olímpia, a educadora, a escritora, a intelectual, a irmã mais velha sempre envolvida com a família.
Descia a rua Santana sorrindo, rindo muitas vezes sozinha, e quantas vezes caiu na rua, literalmente, mas isso nunca a impediu de continuar descendo a rua rindo sozinha.

É dela o primeiro comentário que recebi nesse blog, me deu a maior força desde o início. Me cedeu seu apartamento em Belo Horizonte quando eu morei lá, cuidou das minhas coisas no Brasil depois que eu me mudei para os Estados Unidos. Me buscava e me levava na rodoviária, aliás era a motorista de todos nós pois por um bom tempo era a única que dirigia na família. Me deu o melhor dos presentes, o amor pela leitura, pelo conhecimento. Graças a ela muito cedo tive a chance de ler Dostoyevsky, Machado de Assis, Hemingway, Moravia, of filósofos clássicos e tantos outros que enriqueceram a minha Vida. Suas crônicas sobre a família são inestimáveis, mesmos parentes que com ela pouco contato tiveram lendos seus textos nutrem uma grande admiração por ela.

Ela não morreu dormindo como escreveu que gostaria em sua lista de presentes. Morreu aos poucos...
Fui ao Brasil na semana passada para estar com ela. Momentos preciosos e inesquecíveis para mim. Mesmo sofrendo muito, agoniada, se alguém perguntava como estava, ela dizia 'estou ótima'.
Já sinto uma tremenda saudade de você Merô, vai ser muito difícil voltar ao Brasil e não estar com você, mas o privilégio de ter tido você como irmã ficará comigo sempre.

22 comments:

Moro em um Kinder Ovo disse...

Ela sabia do seu amor e da sua admiração. E era grata por isto. Um abraço e um carinho. Que Deus a guarde na palma de suas mãos. E que dê o consolo que a família precisa.

Sandra Daimaru disse...

Querida Regina, sinto muito por sua perda, aceite meus sentimentos.

✿ chica disse...

Puxa,Regina! Não fiquei sabendo! Meus sentimentos e por certo a Merô está descansando como merece! Foi guerreira,lutou até não mais poder! Fica bem e as saudades ficarão, mas tens muitas lembranças boas de vocês juntas e do sorriso dela! beijos,chica

ARTE DE AMOR ARTESANATOS disse...

Sinto por sua perda, mas ao mesmo tempo lendo seu texto a invejei por ter uma irmã tão maravilhosa e que ria descendo a rua santana, prestativa e solidaria, tenho certeza que Deus esta com ela e os anjos estão sorrindo em sua companhia, que Deus lhe abençoe e a toda sua familia.Sumara

AUDENI OU Dona Mocinha disse...

Oi Regina, estou lendo sua postagem agora e chorando, mesmo sem conhecer sua irmã eu sei o tamanho da dor que está sentindo, quisera eu poder diminui-la ou exterminá-la, mas nem sei acabar com a dor que sinto pela perda da minha mãe!
O que me conforta é saber que estão bem, sem dor, sem tristeza, estão descansando, e que ainda iremos nos encontrar num outro plano.
Vc. ter nascido na família que nasceu é um privilégio, agradeça a Deus esta dádiva e lembre dos bons momentos.
Vou te contar um segredo, quando meu coração está com muitas saudades da minha mãe eu converso com ela, mentalmente mesmo, não a chamando de volta, mas falando o quanto eu a amava e a amo, faça isto, apertou o coração de saudades, diga a sua irmã o quanto a ama, vai ver que seu coração vai sossegar e sentir que ela também está bem, agora é deixá-la fazer a passagem para o outro plano tranquila.

Se precisar de mim, conversar, chorar, desabafar pode contar , seja dia no Brasil ou noite!


Beijos e um FORTE ABRAÇO


Audeni

Olinda disse...

Oi Regina,
É muito triste a perda de uma pessoa querida! Que Deus, com seu tão grandioso amor, possa preencher esse vazio que ficou no coração de cada um da família.
Com carinho,
Olinda.

virginia costa disse...

Que linda declaracao de amor! Nos passou direitinho como ela foi e as marcas que vai deixar.
bj
Virginia Costa

HORTÊNSIA BAZAR disse...

Com licença,

Deus a conforte juntamente com todos os seus.

Abraço

Maria Maciel

Mari Rodrigues disse...

Oi Regina, o poema é maravilhoso e com certeza contém um pouco de nós e também dos nossos próprios desejos nele. E que linda homenagem você fez a sua irmã e amiga. Que Deus a tenha em sua glória e a todos vocês desejo o coração confortado e lembranças eternas.
Bjos, Mari.

Lia Torres disse...

Oi Regina,nesses momentos as palavras não tem sentido quando a dor da perda é tão recente,mas fica aqui meu carinho,lendo suas palavras já com os meus olhos cheios de lágrimas pois me coloco na posição de quem sente essa perda...mas com a certeza que sua irmã cumpriu a jornada aqui na terra a qual ela se dispôs e agora vai para um outro plano na casa do Pai...que Deus conforte a toda família...

Fabiana Strehlow disse...

Oi, Regina!
Lamento muitíssimo ...
Que Deus os abençoe, conforte e fortaleça neste momento.

Abraços carinhoso,
Fabiana.

P.S. Que poema lindo!

Mona Gouvea disse...

Meus sentimentos,que Deus lhes fortaleça restabelecendo a aceitação e a paz.Forte abraço.

Sissi disse...

Um lindo poema. Meus sinceros pesames. Que a paz esteja em seu coracao

Artes da Vovó Mada 2013 Brasil disse...

Triste mais imensamente lindo!Temos tanta pressa...quando poderíamos notar mais,apreciar mais, sonhar, aprender e se dar mais..Beijos no coração....

Fê Dutra disse...

Regina, que lamentável. Vocês estarão em minhas orações.
Tentei te enviar um e-mail, mas infelizmente, voltou. Me passa seu e-mail de novo?
Beijos no seu coração.

Patricia Leite!! disse...

Oi Regina, eu tenho sentido sua falta por aqui,e fiquei apaixonada por essa "lista", e fiquei tentando imaginar que pessoa impar quem faria uma lista tão gostosa de ler e que nos faz nos reconhecer nela...amei de verdade!Bjos em seu coração, que Deus a conforte sempre!

♥ Isabela ♥ disse...

Dearest Regina,

Please accept my most heartfelt sympathies for your loss; words cannot express how deeply sorry I am for you and your family.

Sending you a big and warm hug!

Silvana Cotrim disse...

É triste perder alguém. O que nos conforta é lembrar que amamos essa pessoa o máximo que nosso coração permitiu. E que ela sabia disso. E a Merô com certeza sabia.
Abraços.

Anônimo disse...

Achei tudo tão lindo q até fiquei mais leve! Como é bom lembrar de pessoas queridas e momentos tão únicos! Que presente foi esse relacionamento.

jeito simples disse...

Sim querida Regina...não será nada fácil voltar ao Brasil e não encontrar Merô. mas ela viverá para sempre dentro de ti e a cada dia de forma mais doce. Acredite. pois falo por experiência própria. Meu irmão partiu aos pucos também há 21 anos e não há um dia sequer que não penso nele.
O seu amor somado a saudade sem fim irá te sustentar, minha querida e doce amiga.
Receba meu abraço do fundo do coração.
<3

Teresa Aparecida de Aquino Soranso disse...

Triste! Sinto muitíssimo a perda de sua irmã, deve ter sido uma pessoa muito especial. Bjs

Vanessa Oliveira disse...

Ohhh Re... triste notícias e deve está sendo um momento difícil...
Mas preciso manifestar minha linda admiração por esse texto cheio de amor, delicadeza que toca lá no fundinho do coração... lindo, lindo, lindo!!
Um beijo grande e muita luz na sua vida
Vanessa Oliveira (www.designmaisamor.com.br)

Postar um comentário

Adoro quando você deixa um retalinho na minha casa. Obrigada ♥♥♥♥♥♥♥