10 de junho de 2011

Tempestade em New Milford

Hoje não tem imagens, pois as imagens que tenho não são bonitas.

Ontem uma tempestade avassaladora atingiu a região onde moro. Não, não foi considerado um tornado, mas eu nem posso imaginar o terror que deve ser um tornado. Eram pouco mais de quatro horas da tarde, o céu escureceu, virou noite. Nesta época do ano aqui escurece por volta de 8:30 da noite. Eu estava dirigindo por uma estrada cercada por árvores, como a maioria das estradas por aqui. A chuva caia torrencialmente, um vento tão forte que as árvores curvavam-se quase atingindo os carros. Passei por uma ponte e quase perdi o controle do carro por causa do vento forte. Não havia onde estacionar e ficar longe das árvores, pois é como uma floresta, árvores por todos os lados. Continuei dirigindo até chegar no centro de Bridgewater, onde parei no estacionamento do correio, olhando bem pra ficar longe das árvores e dos fios de alta tensão.  Começou a cair pedra, e a chuva e o vento continuaram fortes. Quando a chuva e o vento diminuiram fui para o escritório onde trabalho.
Logo que cheguei ao escritório, meu marido me ligou, desnorteado.  Ele me disse para eu ficar onde estava que ele iria me buscar. E ele tentou, mas não chegou onde eu estava.
Moramos em um condomínio perto de um lago. Há três saídas no condomínio e todas estavam bloqueadas por árvores e fios de alta tensão no chão. Ele ficou me ligando feito um maluco, até que eu disse pra ele ficar quieto em casa que eu iria fazer uma horinha em algum lugar até poder chegar em casa. Nesse meio tempo já não havia tempestada, só uma chuvinha fina. A tempestada durou cerca de 40 minutos.

Quando estava dirigindo pra casa presenciei um fato e quero relatá-lo aqui. Dirigindo pelo centro de New Milford, pela área normalmente mais congestionada da cidade, todo mundo tentando chegar em casa após a tempestade, o sinal não estava funcionando, estava piscando vermelho/amarelo, vermelho/amarelo. Normalmente um policial estaria por ali, mas com tudo que estava acontecendo pela cidade não havia policial para direcionar o trânsito. E sabe o quê? Não precisou de policial nenhum. As próprias pessoas cediam o direito para o outro lado seguir. O trânsito funcionava quase que perfeitamente, ninguém buzinando, ninguém gritando. Todos respeitando o direito do outro de chegar em casa também. Me senti bem em viver aqui.

Não temos eletricidade, não temos telefone, e nem água quente. Perdemos toda a comida que estava na geladeira. O calor está tremendo. A tempestade atingiu várias cidades. Parte de New Milford não foi tão severamente atingida, está funcionando normalmente, por isso tomamos café hoje de manhã no MacDonalds, que estava lotado, e agora eu estou no Starbucks, que está lotado, para poder usar a internet.

As fotos que tirei são pertubadoras. No condomínio onde moro pelos menos 12 casas foram atingidas por árvores. Uma delas foi perda total. Os moradores estavam em casa, mas graças a Deus ninguém se machucou. Fios de alta tensão no chão por todos os lados. Árvores imensas arrancadas pelas raízes. Nunca presenciei um estrago dessa magnitude.

Não sei como explicar isso, mas ao mesmo tempo que foi assustador estar dirigindo em meio ao uma tempestada como essa, presenciar o poder e a força da Natureza foi algo incrível. Era como se eu fosse parte daquilo tudo. Não conheço palavras que possam explicar o que senti, mas quando estava dirigindo sobre uma ponte sobre o lago e olhei para os dois lados e aquela imensidão de água e raios e árvores balançando (e meio carro também), foi uma experiência cósmica. Eu não tive medo.

Vou ficar sem postar por alguns dias, mas se der vou fazer umas visitinhas.

Se alguma de minhas irmãs estiver lendo essa postagem, pode estar certa que tudo está bem comigo, só não posso ligar pra vocês porque o telefone não está funcionando.

61 comments:

Carla disse...

Ola Regina

Ainda bem que estás bem, realmente a América é uma desgracada nessas desgracas naturais.

Linda espero que tudo volte á normalidade rapidamente

Um grande beijinho e muita Forca

xxx

Aniele Pádua disse...

Nossa! Pelo visto o vento e a chuva estão por toda a parte, pelo Brasil também está uma ventania tremenda e chuvas muito fores, no Rio, no Sul.. graças a Deus aqui em Brasília o tempo está melhor.
Deve ser muito ruim ver destruição, ainda mais na sua cidade. Realmente é muito bom saber que as pessoas parecem estar preparadas para essas situações, se mantém tranquilas, não se alarmam!
Fico feliz em saber que está tudo bem com vc e com seu marido!
Espero que tudo volte ao normal em breve!
Bjos,
Aniele.
www.aninteriores.blogspot.com

Carla Maciel disse...

Nossa Regina, que relato impressionante!!! Que bom que esteja tudo bem com você e sua família depois disso tudo que aconteceu!! Estaremos aqui aguardando o seu retorno. Caso precise de algo em que possamos ajudar estaremos aqui tá? Grande abraço e muita força para vocês.
www.arquitrecos.com

Clau Labres disse...

Olá, querida...
Fiquei assustada quando comecei a ler teu post, mas fico feliz por saber que estás bem apesar dos problemas. A natureza realmente é algo fabuloso, não temos parâmetro para mensurá-la! Você mencionou algo que já observei várias vezes: nos momentos de maior aflição as pessoas se unem, se apoiam e se ajudam mutuamente. Graças a Deus ainda é assim!
Estarei enviando meu pensamento positivo para que tudo fique bem...
Beijinhos,
Clau

Joanna Burda disse...

Dios Mio! Así, lo que hace que no sucedió!

✿ chica disse...

Noooooooooossa, imagino o sufoco que deve ter sido e ainda estás por aí! Graças à Deus que estás bem e vê sete cuida e quando der, dá notícias,tá?

Ficamos na torcida pra que tudo se normalize...


Um beijo, tudo de bom,chica

Lucinhashomeandgarden disse...

Regina,

Querida amiga,

A mão de Deus estava sobre você e o seu carro. Os anjos do Senhor lhe guiaram diante desse terrível tempestade.
Chorei de emoção ao ler o seu texto, mas em agradecimento a Deus por você e seu esposo estarem bem.
Me vi nessa situação quando aconteceu o tornado aqui, mas nem tanto, pois eu estava longe do local.
Mas eu vivi essa educação no transito, como você descreveu. Aqui também é assim. Ninguem busina, fica estressado ou indignado. Todos tentam ajudar uns aos outros. Por isso, tudo flui muito melhor. Entendo o que você sentiu. Foi o mesmo que senti aqui.
Amiga, sinto pelos seus vizinhos e amigos, mas eles vão reconstruir suas casas. O mais precioso eles têm; a vida.
Assim que puder, envie noticias. Estarei rezando por vocês.
E quando puder, mostre as imagens. Mesmo não sendo lindas como você sempre mostra, é a realidade.
Abraço,

Perfeita Ordem disse...

Regina querida!
Só posso agradecer a Deus por você e seu marido estarem bem e pedir a Ele que proteja a todos que precisam de ajuda.
Fique com Deus minha amiga!
Beijos.
Claudia.

Caroline disse...

Impressionante seu relato, tudo deve ter sido meio assustador, não? Mas como é legal saber que ainda existem lugares em que as pessoas dão show de civilidade e respeito ao próximo.
Espero que todos em sua cidade fiquem bem e que as perdas só sejam materiais.
beijos,
Carol

Sobre a Alecrim disse...

Regina,
Espero que esteja tudo melhor por ai e logo você possa postar as coisas lindas e inspiradoras pra gente.
Fiquem Com Deus.
Rubia Monteiro

Margarida disse...

Olá Regina. Venho aqui de vez em quando fazer uma visita mas hoje não pude deixar de comentar para manifestar a minha solidariedade para contigo. Sou de Portugal e em Dezembro tivemos um tornado a passar na nossa cidade, coisa completamente inesperada por cá. Foi o caos. Graças a Deus eu e minha casa não fomos atingidos, mas muitos sofreram e ficaram sem casa e inclusive as minhas sobrinhas chegaram a ir para o hospital e ainda estão a ser seguidas por um psicólogo. Por isso entendo em parte aquilo por que estás a passar. Mas graças a Deus não vos aconteceu nada. Aprende o que puderes com esta experiência e que Deus te continue a abençoar.

Anônimo disse...

Fico feliz, apesar de tudo que aconteceu, em saber que você e seu marido estão bem.
Ontem, aqui no Rio, aconteceu algo parecido, mas sem essa magnitude.
Agora, é pedir a Deus força para os mais atingidos reconstruírem suas vidas.
Um grande e forte abraço.
Myrian

Carla disse...

Olá Regina,
Que bom saber que você está bem e que realmente tudo funciona como deve ser.Já passei por situações parecidas estando longe do Brasil e bate um misto de saudade com a certeza de que estamos no lugar certo....
Fiquem com Deus e um lindo e maravilhoso final de semana,
Um beijo
Carla

Nina Dias disse...

Regina,que experiência incrível! Não sei o que dizer, somente que espero que tudo esteja bem e que as perdas humanas sejam nulas! Boa sorte ! bj Nina

Saron disse...

Oi Regina, imagino o susto.Aqui em S.P na terça feira houve uma ventania terrivel, muitas arvores tambem cairam sobre redes eletricas e em muitas cidades houve um verdadeiro apagão.Houve alguns acidentes gravissimo nas estradas por causa das quedas das arvores.Tb foi um sufoco.
Espero que tudo melhore por ai.Bjos

Liliane de Paula disse...

Que medo, Regina. Por vc está na rua. Se tivesse em casa seria menos intranquilo. Eu morreria de medo de fios.Poderia pisa-los sem saber.
Assim que puder de noticias, ok?

cafenoHut disse...

I am so sorry and pray for you.

Cantinho do Fuxico disse...

Regina querida, que sufoco vc passou hein? Graças à Deus esta tudo bem com vc e seu esposo. Num momento desses , quando vemos a força da natureza é que percebemos que somos tão pequenos diante da grandeza da criação de Deus. Ele te guardou de todo mal.
Beijoo
Lu

Eu sou a Ingrid, disse...

NOSSA REGINA!
IMAGINO O MISTO DE SENSAÇÕES QUE DEVEM TER PERCORRIDO SEU SER! A PREOCUPAÇÃO COM TODOS AO SEU REDOR E COM A SUA PRÓPRIA SEGURANÇA E O ENCANTO POR PRESENCIAR A NATUREZA DANDO MAIS UM DE SEUS SINAIS!
ESPERO QUE FIQUE BEM E QUE VOLTE TUDO, O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL, AO NORMAL E QUE LOGO VC POSSA ESTAR TOMANDO UM BANHO QUENTINHO E BLOGANDO NOVAMENTE!
UM GDE BJ!

Ellen Caliseo disse...

Regina,fiquei impressionada com o seu relato,mas graças ao bom Deus está td bem com vc e sua familia,espero que td se normalize por aí..e volte logo,estaremos aqui na espera pra ver tantos post's inspiradores!!
Fique com Deus!!
Bjs!!

www.casinhaderetalhos.blogspot.com

Regina disse...

Oi Regina, tudo bem agora?

Graças a Deus que a tempestade já passou, e que voce está bem.

É como eu sempre digo, com a força
da natureza ninguém pode, não é?

um beijo carinhoso e fico feliz por
voce estar bem, e também a sua família

Regina Célia
artereartesanato.blogspot.com

Ana Paula Gervason disse...

Nossa Regina imagino o que vc passou. Mas graças a Deus esta tudo bem com vc e sua família...
Espero que tudo se resolva rápido e que possa voltar com suas lindas inspirações!

Bjss e um maravilhoso final de semana!

http://toutlamour.blogspot.com

simplesmente....fascinante disse...

Olá Regina;
A natureza não está dando tréguas.Aqui na terça-feira passada deu uma chuva rápida, mas com vento muito forte, e chuva de pedra. As árvores que sofrem. Que bom que está tudo bem com você.Nessas horas de perigo temos que elevar nossos pensamentos, porque temos muita ajuda do alto.
Fique com Deus.
bjão
Mari

Larissa Ramos Urso disse...

Regina querida ,não gosto nem de imaginar o que vcs passaram.
Ainda bem que estão bem.
beijos e forças

Veronica Kraemer disse...

Re querida, eu lendo este post compreendo sua experiência.
Fiquei arrepiada.
Folgo em saber que está tudo bem contigo, mas imagino o desespero das pessoas que perderam suas casas...
Espero que as coisas voltem ao normal por aí rapidamente.
Beijos com carinho
Vero

jeito simples disse...

Regina,
Imagino sua sensação. Graças a Deus vcs estão bem. Fico impressionada com sua força. Você é um exemplo. Deus abençõe vcs.
Com carinho, Norma.

Angela de Paula disse...

Ontem passamos por uma situação parecida aqui ,mas bem mais branda.Imagino que vocé seja uma pessoa corajosa,destemida .Que bom que passou o perigo,um grande abraço,felicidades.

Camila Rosa disse...

oi Regina..

Putz que bom que nao aconteceu nada cntg..
mas é triste a situaçao..
força pra todos ai.

beijos

http://camilinhavrosa.blogspot.com

Ivani disse...

Que bom que você está bem, e seu marido e seus amigos também.
Os danos materiais são recuperáveis.
Emocionante seu relato, principalmente quando você diz que sentiu fazer parte daquilo tudo, da natureza em sua volta.
Acho que o instinto de sobrevivência fala tão alto, que a gente nem tem tempo de ficar com medo.
Ótimo saber que tudo passou. Estou torcendo por vocês, mande noticias assim que puder. Beijos querida.

arquitetura do imóvel disse...

Regina, que bom estás bem...pela tua narrativa senti tuas intensas emoções.
Amiga, estás encarando tudo com muita coragem!
Bjos e que tudo fique bem por ai.
Sílvia

Coisas de Manuh disse...

Rê minha querida, que bom que está bem!!!!
A força da natureza é muito forte, mas Deus cuida de nós.

Beijos

Marion disse...

Me arrepiei ao ler teu relato... nossa, que loucura. A gente vê as notícias pela TV, parece às vezes longe, distante - mas agora alguém que a gente acompanha relata - é outra sensação q tb não sei explicar! Que bom que está tudo bem com vocês. Espero que tudo se ajeite logo. Abraços!

Ana Cléa disse...

Regina,que loucura!
Ai,só de ler fiquei arrepiada,parecia que vc estava narrando um filme!!!
Graças a Deus está td bem com vc e seu marido,força amiga!!!
Bjus e fiquem com Deus.

Moro em um Kinder Ovo disse...

Nesta quinta-feira tivemos um temporal e ventos muito fortes aqui em Belo Horizonte. No meu apartamento a varanda foi fechada com o que chamamos cortina de vidro. Uma das "folhas" não resistiu à força dos ventos e abriu. O vento quebrou alguns enfeites e a água entrou até que conseguimos fechar novamente esta janela. E o barulho do vento é horrível. Nos momentos de maior tensão somente pensava que o corredor do apartamento era o lugar mais seguro.Mas passou e felizmente, fora os danos materiais, a cidade não teve vitimas fatais. Mas hoje eu jurei que um tornado eu quero ver somente no cinema!!!

Iranilde Brissant disse...

Regina, graças a Deus vocês estão bem.
bjs
Iranilde

Janete Xavier disse...

Que bom estarem bem,que tudo se restabeleça o mais breve ,coragem,amor e fé te acompanhe.Bjs

Anita disse...

Que horror e que maravilha eu diria. Horror, porque é lógico que tudo isso gera um estresse e lógico que mesmo sem vc e sua casa terem sido atingidos em proporções mais graves, ver as casas vizinhas terem sido atingidas , já é muito ruim...mas que maravilha que vc está bem, que maravilha que vc conseguiu no meio a esse susto extrair uma experiência positiva e de força, que maravilha que vc mora num lugar civilizado, onde as pessoas não são as egoístas e sem educação que vivem por aqui no nosso trânsito...enfim, que maravilha que vc está aí e mto em breve qdo tudo ficar ok, vai voltar com as imagens inspiradoras que vc sempre nos mostra. Bjssssssssssss.

Bela disse...

Puxa, Regina, que agonia ao ler cada palavra de seu texto! Puxa, espero que vcs fiquem bem e que sua linda cidade possa logo se reestabelecer.
Me diga se precisa de algo que possa fazer por vc, Regina querida. Ligar para alguém de sua família? Posso fazer isso, que tal?
Beijos e meu desejo de que tudo volte ao normal logo por aí!
Bela

AUDENI OU Dona Mocinha disse...

Oi Regina, imagino o quanto deve ter sido assustador, principalmente p/ nós brasileiros que não estamos acostumados a estas intempéries - a gde. maioria das nossas são políticas!

Graças a Deus vcs. e vizinhos estão bem, apesar das perdas materiais.

Estamos torcendo p/ que tudo volte ao normal o mais rápido possível.


Beijos e BOM FINAL DE SEMANA



Audeni

MJ disse...

Regina
que tudo volte à normalidade rápido é o que desejo para todos!
um beijinho

CARLA STOPA disse...

Adorei o espaço...vou ficando...Beijos.

c r i s disse...

Re, que experiência louca essa, nem imagino como deve estar tudo por aí, experiências como essa nos marcam de alguma forma sempre...no material, espero que as coisas normalizem o mais rápido possível...

Fica com Deus, bjo grande

Cris

Diego disse...

Puxa vida, essas tempestades sempre nos pegam desprevenidos. Ainda bem que estás bem. A parte que comentou do trânsito me toucou, pq parece que os norte-americanos, são 1000 vezes mais solidários que os brasileiros, se isso estivesse acontecendo aqui seria uma loucura, ia ter gente chingando o outro, buzinando feito louco... nossa, me entristece só de pensar. Fica bem! Abraços.

Rosana Sperotto disse...

Ô querida, que bom que estão bem! Compreendi cada palavra do teu relato. Acho que essas surpresas têm mesmo uma capacidade meio maluca de mostrar nossa força, coragem, entrega. Que logo, logo a vida volte ao normal aí, com a rotina restabelecida e o coração tranquilizado. Abraço beeeem grande!

Nath Rocha disse...

Nossa, Regina.
Graças a Deus que você está bem.
Que tudo se acalme agora, e volte a ser como antes.

beijo,

Fica com Deus.

menina limão disse...

Olá querida, caramba, graças a Deus que vc está bem. nossa que sufoco, hein????
Desculpa a demora de vim te visitar e pela minha ausência no meu blog, tive um probleminha, mas agora estou de volta com força total.
Gostaria de te convidar para vê o vídeo novo da minha personagem cômica menina limão,
ela tem vários vídeos, esse é um o mais recente.
Fica com Deus e bom final de semana. Divirta-se!!! bjs
www.meninalimaoem.blogspot.com

Cris e Nai disse...

Que bom que tudo já passou e estás bem. Infelizmente essas catástrofes estão cada vez mais frequentes em todo planeta.Até breve.Bjs com frio daqui de Floripa!

menina limão disse...

Olá querida.
Amiga, desculpa a demora de vim te visitar e pela minha ausência no meu blog, tive um probleminha, mas agora estou de volta com força total.
Gostaria de te convidar para vê o vídeo novo da minha personagem cômica menina limão,
ela tem vários vídeos, esse é um o mais recente.
Fica com Deus e bom final de semana. Divirta-se!!! bjs
www.meninalimaoem.blogspot.com

casa de fifia disse...

oi regina
menina ainda bem que acabou tudo bem.
aqui a na tv passou algumas cenas no jornal das tempestades ai,
era impressionantes,
imagine viver pessoalmente.
afff..
bbaci

Ana disse...

Obrigada pela visita e comentario.
Deve ser muito mau ver destruição.
Beijinhos e bom fim de semana.

Blog UaiMeu! disse...

Aqui em Belo Horizonte tbmm teve uma grande tempestade!
Espero que as coisas melhorem!
Abraços

KINHA disse...

Ola Regina

Amiga, que coisa triste. Aqui apesar de ter fortissima a tempestade, nao houve grandes danos, apesar do bombeiro passar o tempo todo aqui em frente. Hoje passamos em West Springfirld e pudemos ver a dimensao da tragedia.
O que me impressiona nesta regiao e o respeito e civilidade que existe por aqui e e por isto que as vezes penso em mudar para ca.
Fico feliz que estejas bem apesar do susto.
Passando para desejar um otimo saturday night e um maravilhoso domingo.

Uma otima noite
BJooooooooo................

http://amigadamoda.blogspot.com

Batata Roxa disse...

Querida Regina,

Meu coração está aí com você!
Fico feliz em saber que está bem!
As coisas "Feias" ficam "Melhores" quando existem Consciência e Educação!
Espero que tudo se restabeleça bem rápido!
Um grande Beijo,

J'ai tout simplement disse...

Bom dia Regina ! lendo seu texto hoje eu fique impressionada com tudo que passaste, mas graças a Deus que você e sua família estão bem, com certeza Deus esteve ao seu lado em todos os momentos contubardores. Desejo a você um ótimo domingo! abrç Dorath

butterfly disse...

Oi Regina, que benção vc ter passado por essa experiencia e estar bem, junto com seu marido. Acredito que Deus os protegeu e guardou. Torço pra que tudo volte á normalidade logo. Sabe, acho que é comum as pessoas se tornarem gentis e solidarias em meio ao caos, parece que a situaçao nos aproxima e nos torna iquais na adversidade. Fique bem, que Deus continue te abençoando. Ate mais.

Margarete disse...

Nossa Regina que horrível deve ter sido, mas graças à Deus já passou.
Grande beijo.

Eva disse...

Nossa Regina,que bom que já passou... fiquei impressionada com tudo isso,que insegurança que dá, mas Deus protege! beijinhos,boa semana!

Cassia Conte disse...

Oi Regina, Que bom que voces estao bem, essas tempestades sao mesmo assustadoras. Como voce sabe, moro no Alabama e aqui sempre tem tornado pra todo lado.
Hoje passamos pelo Estado da Virginia, a caminho de Annapolis e pegamos duas tempestades horriveis na estrada, os carros reduziram o speed para 40 milhas por hora e mesmo assim estava complicado. Felizmente chegamos bem aqui.
Se cuida.

Bjs.

Cassia

Cádinha disse...

Fiquei arrepiada só de ler... imagino a aflição de presenciar uma tempestade assim e de ver o rasto devastador que deixou para trás! Espero que tudo fique bem rapidamente! Beijo

Luísa disse...

Que susto Regina!
Realmente a Natureza é muito poderosa. Ainda bem que está tudo bem com voçês e com a vossa casa, volta ao blog logo que possas, beijo

Ana Maria ( Jeito de Casa ) disse...

oi Regina

Que loucura , imagino teu susto e ao mesmo tempo a surpresa de morar num lugar bem mais civilizado!!!!!!
Graças em não ter acontecido nada com vcs!!!

bjuuuu

Postar um comentário

Adoro quando você deixa um retalinho na minha casa. Obrigada ♥♥♥♥♥♥♥